sábado, 18 de outubro de 2008

em nome do amor

Aos leitores desta página:
Este parecer é só um desabafo desta pessoa que vos tem escrito nos últimos dias.
Nesta semana, vimos uma cena lamentável; este rapaz que sequestrou a ex-namorada por 100horas, e num momento de desespero atirou contra ela; tudo isto em nome do amor.
Me pergunto que amor é esse?
Porque as pessoas comentem crimes em nome do amor?
O amor que conheço, não quer mal, não quer ferir, não quer matar; pode sofrer sim, mas não machucar.
O amor que conheço se desespera sim, mas com o simples pensar que de alguma forma posso ter magoado ou ferido quem amo.
Então porque as pessoas matam em nome do amor?
Será que o amor que elas sentem é diferente do meu? ou de outras pessoas que conheço, que só querem o bem de quem amam?
O amor que conheço não mata, liberta. Este amor é capaz de abrir mão de si próprio em benefício e da felicidade do outro. Pode doer???.... pode e vai doer, mas se o outro estiver feliz, minha dor vai passar, e minha alma se alegrará por saber que ele está vivendo sua felicidade; o simples fato de saber que posso reencontrá-lo e talvez um dia tudo possa voltar a acontecer, é motivo para fazer com que a dor, espere pacientemente para ser curada, na esperança de ser feliz outra vez.
O que leva uma pessoa a matar ou tentar matar outra em nome do amor?
Ciúmes?
Acho que não, acho que o sentimento de posse é o causador destas tragédias; quando uma pessoa acha que te possui que é teu dono, então passou do limite do amor; já não te ama mais, você passou a ser algo e não uma pessoa; porque pessoas mudam e devemos aceitar estas mudanças.
Quando você tenta fazer com que o outro faça as coisas do teu modo, o que pode acontecer é que ele provavelmente vai fazer ao contrário, porque é a índole do ser humano, contrariar para mostrar que não é controlado.
O amor acaba?
acho que quando é amor verdadeiro, não!
O amor nunca muda, amor é sempre amor; pessoas mudam e o modo como elas sentem este amor.
Homens e mulheres matam em nome do amor!
dizem que é porque não aguentariam ver a pessoa amada nos braços de outro;
não... não é por isso.
eu acho que é porque não aceitam o fato de se acharem inferiores, de sentir que não foram o melhor que poderiam ser, que poderiam ter feito as coisas diferentes!
... como disse alguém que conheci: os homens matam porque não aceitam o fato de não serem únicos!
É a falta de amor que mata.
Quem mata em nome do amor, não tem amor!
Quem mata em nome do amor não ama a si mesmo, não acredita em si mesmo; por isso se acha incapaz de passar por uma situação de dor e reconstruir a vida. Não acredita que é merecedor de outra pessoa o amar, e não aceitam o fato de que se pode ser feliz sem esse alguém que o faz se sentir tão especial.
Mas se era tão especial, porque matar?
Porque não guardar as boas recordações. E tentar ser melhor, para que quem sabe num futuro o outro o veja novamente como uma estrela brilhante???
Não sei. Talvez eu nunca venha a entender o porque destas atitudes. Nem compreender ou aceitar.
... só sei que o amor que eu conheço, não faz estas atrocidades.
o amor que conheço não me dá estas explicações, só ama!
(Kássya 18/10/2008)

Um comentário:

Edilaina disse...

O amor que conhecemos e aprendemos nao eh esse tal de amor que a imprensa veiculou nos ultimos dias, colocando um rapaz decepcionado na condiçao de vitima das circunstancias, como se fosse o unico ou ultimo a sofrer a dor de um amor perdido.
O amor verdadeiro refaz a cada instante a sensaçao de que estamos plenos, mas que podemos ser melhor.
E abençoado seja nosso Deus que nao nos permite "ENTENDER" o ponto de vista de alguem com uma atitude desesperada mas MONSTRUOSA como esta.
Bjkas.