quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

ANO NOVO!!!!!!!



Daqui a pouco o ano termina! 

Precisamos nos conscientizar de que, se não fizemos o melhor, pelo menos tentamos. 
O sol está prestes a raiar no horizonte anunciando o novo ano que vai nascer; o momento é de muita euforia, haverá muita troca de beijos, abraços e as mais belas mensagens de boas festas.
 

Todo ano é assim, a esperança se renova na certeza de dias melhores. 
É chegada a hora de dar uma trégua para fazer um minucioso balanço de tudo que foi vivido em nossas vidas até agora. 


Faça um rascunho, analise cada momento vivido, que eu tenho a certeza de que você vai achar o seu ponto de equilíbrio para seguir com muito mais segurança esse novo desafio que terá pela frente.

Para que o novo ano não fique repetitivo, lance o seu desafio, aventure-se um pouquinho mais, fuja daquela rotina cotidiana sem sal, sem açucar ou sem pimenta que norteou a sua vida o ano inteirinho simplesmente por não ter tentado outras alternativas de vida. 


Faça um pacto contigo mesmo, chute o balde todas as vezes que algo está lhe incomodando e não tenha medo de trocar o certo pelo duvidoso - mais vale se arriscar do que se lamentar de pelo menos não ter tentado.

Resolva os seus problemas, mas somente um de cada vez, deixe que o tempo se encarregue de apaziguar possíveis desavenças que uma vez ou outra possam surgir. 

Como já foi dito, o equilíbrio será sem dúvida alguma, o fiel da balança de sua vida, é ele que vai fazer com que você possa controlar a sua vida dentro da mais perfeita ordem e harmonia.

Recebe o novo ano que se aproxima com um largo sorriso, e um coração repleto de amor para o que der e vier.


(Paulo Rozzini )

 

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Quisera Senhor! - Feliz Natal...

"Obrigada a todos que aqui estiveram durante este ano, que se emocionaram com as palavras que escrevi; obrigada pelos comentários, obrigada por voltarem sempre...
Que Deus ilumine, abençõe e faça a todos muito, muito felizes!"
Kássya

Quisera Senhor, neste Natal armar uma árvore dentro do meu coração e nela pendurar, em vez de presentes e enfeites, os nomes de todos os meus amigos. 

Os antigos e os mais recentes...
Aqueles que vejo a cada dia e os que raramente encontro...
Os sempre lembrados e os que às vezes ficam esquecidos...

Os constantes e os intermitentes...
Os das horas difíceis e os das horas alegres...
Os que sem querer eu magoei, ou sem querer me magoaram. 

Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles a quem conheço apenas as aparências.
Os que pouco me devem e aqueles a quem muito devo. 

Meus amigos humildes e meus amigos importantes... 
Os nomes de todos que já passaram por minha vida!
Quisera Senhor,
que fosse uma árvore de raiz muito profunda para que seus nomes nunca mais sejam arrancados do meu coração. De ramos muito extensos, para que novos nomes vindos de todas as partes venham juntar-se aos existentes.
De sombras muito agradáveis para que nossa amizade seja um aumento de repouso nas lutas da vida.
Quisera Senhor,
que neste Natal, eu pudesse reunir todos que amo ao meu redor, e tê-los em meus braços e não só em meus pensamentos!
Que eu pudesse secar-lhes as lágrimas, ou dividir seus sorrisos...

que eu pudesse brindar-lhes a presença e não á distância! 
Quisera Senhor!
que os presentes fossem espirituais e não somente materiais...
que tivessem o significado do amor e não econômico... 

Que as luzes iluminassem a vida daqueles que precisam de um sinal... de um alento, de esperança!
Quisera Senhor!
que não ouvesse fome, tristesas, desavenças, guerras...
que todos tivessem um teto para se abrigar, um motivo para sorrir, algo para comemorar!
Que o ser humano entendesse que o amor é a maior dádiva que nos destes; e que dividisse esta dádiva!
Quisera Senhor,
Que o Natal esteja vivo em cada dia do ano que se inicia, para que possamos viver juntos o amor.
FELIZ NATAL!

(Autor não mencionado)

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Pensa em mim, como quiser... mas, pense em mim!



Pensa em mim!...
Não importa o lugar
Pensa em mim...
Não gostaria de saber que fui esquecida...
E gostaria de sentir que estou do teu lado,
fazendo companhia no silêncio dos teus pensamentos...
Pensa em mim!...
Nem que seja por um segundo...
É uma necessidade muito grande de poder saber
Que se é realmente importante para alguém ...
Pensa em mim!...
Não somente quando estiveres só,
mas quando sentires o tempo voar...
Quando sentires,
Que o fim de semana está para chegar...
Pensa em mim...
Não com saudade,
Mas com vontade e certeza de que,
caminhando entre os campos me encontrarás...
Pensa em mim com alegria,
Pois a verdade é que pensarei em ti,
Onde quer que eu esteja ...
Pense em mim!...
para que a minha saudade não seja inútil...
Quero poder fechar meus olhos
sentir e imaginar você…
e poder ter a absoluta certeza
de que você também pensa em mim
quando fecha os olhos,
e que faço falta quando não estou por perto.
Pensa em mim?!...

(raiodesolsempre.blogspot.com - meus agradecimentos especiais)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Momentos



Uma musica toca no rádio
me faz lembrar
dos beijos...
dos abraços...
dos toques...
meu pensamento
é uma ave livre a voar...
Em suas asas
posso todas as emoções viver!
Estou sem palavras
para expressar meus sentimentos...

ou explicar estes momentos,
meu coração esta aqui
batendo deseperado,
alucinado, louco por ti...
explodindo a cada lembrança!
O amor tem dessas coisas
que a gente não sabe explicar!
És tu que finges que me ama?
Ou sou eu que finjo acreditar?

(Kássya 2009)

sábado, 12 de dezembro de 2009

"Paixão ou Loucura?"


Já não sei mais se é destino
paixão ou loucura...
Mas o meu desejo te caça, procura,
Ate quando tento fazer outro amor
A sua sombra
de noite me leva pra cama
Aonde me engano
ainda me ama?...
Vou mentindo pra mim,
disfarçando essa dor
No pensamento te sonho
Te sinto comigo
Teu cheiro me ronda
parece castigo!
Te vejo até mesmo
na chuva que cai...
Quem hoje é minha tormenta
já foi a bonança.
Eu sei que é inútil
fugir da lembrança
Porque do meu corpo
teu cheiro não sai
Esse amor, eu sei,
Quer me enlouquecer...
Quanto mais  dou de mim
Mais fico assim sem receber.
E ainda vem o meu coração
Me pedir pra não te esquecer...
No pensamento te sonho
Te sinto comigo
parece castigo...
te vejo ate mesmo na chuva que cai...

Paulo Debetio/Paulinho Rezende

sábado, 5 de dezembro de 2009

Alma nua


Todo o meu corpo vibra!
... uma vibração estranha...
intensa...
abalos sísmicos de ilusões!
Neste momento
meu pensamento está em você...
Ele dá voltas
em muitos assuntos
mas sempre volta à ti...
Sinto meu sangue
correr pelas veias,
numa ânsia louca
de desejo e paixâo!
A pele sensível,
o rosto corado...
o olhar a brilhar...
delatam os desejos
de meu coração...

Coração estúpido!
coração danado,
coração safado!...
se entristece por nada
se alegra com pequenos deleites
se satisfaz com minutos roubados
dos compromissos diários...

Com um sorriso no rosto,
um coração alucinado
vou sonhando com o sol...
me encantando com a lua...
minha alma apaixonada
para você é sempre nua!

(Kassya 04/12/2009)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Sereia ou Baleia????

O texto de hoje fala de uma especie de amor diferente: Amor próprio!!!

A academia Runner colocou um outdoor em São Paulo que dizia o seguinte:
"Neste verão, qual você quer ser? Sereia ou Baleia?"
Uma mulher enviou a eles a sua resposta e distribuiu o seguinte e-mail:
“Ontem vi um outdoor da Runner, com a foto de uma moça escultural de biquíni e a frase:
"Neste verão, qual você quer ser? Sereia ou Baleia?”
Respondo:
Baleias sempre estão cercadas de amigos. Baleias têm vida sexual ativa...
Engravidam e têm filhotinhos fofos. Baleias amamentam. Baleias andam por aí cortando os mares e conhecendo lugares legais como as Banquisas de Gelo da Antártida e os Recifes de Coral da Polinésia.
Baleias têm amigos golfinhos.
Baleias comem camarão à beça.
Baleias esguicham água e brincam muito.
Baleias cantam muito bem e têm até CDs gravados.
Baleias são enormes e quase não têm predadores naturais.
Baleias são bem resolvidas, lindas e amadas.
Sereias não existem...
Se existissem viveriam em crise existencial: Sou um peixe ou um ser humano?
Não têm filhos, pois matam os homens que se encantam com sua beleza.
São lindas, mas tristes, e sempre solitárias...
Runner querida, prefiro ser baleia!"
(A Runner retirou o outdoor na mesma semana!)
Muitas vezes o ser humano se importa tanto com o exterior de uma pessoa (criticando a gordura), a posse de bens materiais, e esquece que o mais importante é o interior, os sentimentos daquela pessoa... Vamos valorizar mais o que somos, e não o que os outros visualizam, cada um sabe como quer estar ou fazer de si...
E só assim seremos felizes!

(recebido por email - Márcia Bergami)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Porque Eu Sei Que É Amor...



Porque eu sei que é amor,
Eu não peço nada em troca...
Porque eu sei que é amor,
Eu não peço nenhuma prova...

Mesmo que você não esteja aqui,
O amor está aqui!
Agora...
Mesmo que você tenha que partir,
O amor não há de ir embora...

Eu sei que é pra sempre
Enquanto durar...
E eu peço somente
O que eu puder dar!

Porque eu sei que é amor
Sei que cada palavra importa
Porque eu sei que é amor
Sei que só há uma resposta

Mesmo sem porquê eu te trago aqui
O amor está aqui comigo
Mesmo sem porquê eu te levo assim
O amor está em mim...
Mais vivo!

Porque eu sei que é amor...

(musica: Titãs) 

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

"CHORO!"


Tem horas que bate uma tristeza tão grande
Eu não sei o que fazer e nem pra onde ir
É tanta coisa que eu queria dizer,
Mas não tem ninguém para ouvir
Então choro sem ninguém ver...
Eu choro...

Faço o possível pra segurar a cabeça
Mas a emoção não quer
Que eu me disfarça ou então que eu esqueça
Do amor... (daquela mulher)
Eu choro sem ele saber
Eu choro

Choro por tudo que a gente não teve
Por tudo que a gente realizou...
Choro porque sei que ainda te amo
E você me amou e ama...
Choro por tudo se assim for preciso,
Choro porque sei que ainda te quero!
Choro por tudo e por tudo lhe digo
Te quero,
te espero,
te quero... te amo
Eu choro...

(Fábio Jr.)

domingo, 22 de novembro de 2009

Resgate da sedução


Resgata-me!
Deixe meu coração
pulsar feito louco
com esta emoção
quando estou com você!
Resgata
minha sexualidade guardada
a sete chaves
num castelo de ilusões...
Abra as portas
da minha sensualidade!
Faça fluir
todos os meus sentidos...
Deixe que eu desfrute
o prazer de seduzir-te...
Resgata-me!
da escuridão em que me encontro!
Resgata
a fêmea enjaulada e escondida...
Faz brotar a mulher proibida...
Não olhe somente
pelas minhas frestas,
abra minhas portas e adentre...
Resgata
meus prazeres...
Resgata-me!
quebre meus grilhões,
liberte a fêmea perdida
nos caminhos da vida!
Pois ela te espera...

(Kassya 11/2009) 

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Na calada da noite


Na calada da noite
a solidão e o silêncio
me fazem pensar,
sentir a tua presença...
Relembro momentos,
o jeito gostoso
de me olhar...
seu sorriso maroto
que me faz corar...
sua voz me dizendo
palavras que não deveria escutar...
sinto tuas mãos
percorrendo meu corpo,
num leve tocar...
me despindo aos poucos,
sentindo minha pele
E deixando exposto
meu corpo ao prazer...
seus lábios me beijando,
descobrindo, excitando...
Seu corpo fazendo
meu corpo de desejo vibrar!
Músculos tensos, excitados...
meu sangue pulsando acelerado,
as respirações se confundem...
Somos iguais...
Eu te quero!
nossos corpos se unem
e neste extâse profundo
eu te possuo..
Te toco...
e vejo que estou só,
no silencio do meu quarto!...

(Kássya)

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

"Como é grande o meu amor por você..."


Eu tenho tanto
Prá lhe falar
Mas com palavras
Não sei dizer
Como é grande
O meu amor
Por você...

E não há nada
Prá comparar
Para poder
Lhe explicar
Como é grande
O meu amor
Por você...

Nem mesmo o céu
Nem as estrelas
Nem mesmo o mar
E o infinito
Não é maior
Que o meu amor
Nem mais bonito...

Me desespero
A procurar
Alguma forma
De lhe falar
Como é grande
O meu amor
Por você...

Nunca se esqueça
Nem um segundo
Que eu tenho o amor
Maior do mundo
Como é grande
O meu amor
Por você...

Mas como é grande
O meu amor
Por você!...

(Erasmo Carlos?Roberto carlos)

sábado, 14 de novembro de 2009

Coração e Razão


Quando o coração
fala mais alto que a razão
a paixão corre solta
pelos ares...
Os sonhos povoam
nossos olhares...
Os castelos se constroem
do nada!
O mundo gira
em torno de tudo...
e, apesar de não sabermos
porque sorrimos,
descobrimos que neste
mundo cheio de guerras,
louco e absurdo
estamos amando!...
(Kássya)

terça-feira, 10 de novembro de 2009

"Fã..."


Guarde o teu sorriso só prá mim,
que eu te dou o universo em meu olhar.
Se sentir na pele um arrepio...
são meus dedos te tocando prá te contar...

Sou fã do seu jeito
Sou fã da sua roupa
Sou fã desse sorriso estampado em sua boca
Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã numero um
e com você...
Sou fã da vida

Quero convencer teu coração
que o meu amor foi feito prá você...
Quero te dizer que esta paixão
não encontra outra forma prá  te dizer...

Sou fã dos teus olhos
Sou fã sem medida
Sou fã numero um
e com você,
(e por você)...
Sou fã da vida.

(Cristian e Cristiano)

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Marca-me!


Deixe em mim
tuas impressões digitais...
Marca-me o corpo
com teus beijos...
Ouça as minhas tolas
declarações de amor...
faz de mim
um ser sem sentido...
como uma borboleta
sem rumo
sem saber em qual
flor pousar...
Marca-me 
com teus sorrisos
misteriosos!
Marca-me
a alma com os enlevos
deste amor...
Tatua em mim
o teu ser...
Marca-me!
com tuas caricias,
com teus sabores...
Marca-me...
para que todos
saibam que sou tua...

(Kássya 04/11/2009)

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

"O Encontro!..."


As mãos se apertam,
os lábios se abrem dizendo:
"olá, como vai?"
Mas nossos olhos
se encontram
e nossos corpos
maliciosos se traem,
mostrando o desejo...
Buscamos nossos
recantos habituais;
e, no meio da multidão,
estamos nós, sonhando...
sentindo o aroma
das flores e dos sentidos
e o toque das mãos...
Nossos olhos se cruzam
e novamente se falam,
sentimos o vibrar
de nós mesmos...
Quietos...
em puro devaneio,
nos damos, nos entregamos
e neste instante
de supremo misterio e paz...
contemplamos nossos rostos
e nos deixamos arrebatar
por este sonho...
Voce me olha e sorri!
Sabemos que estamos
a fazer amor
sem ninguém perceber...
Deliciosamente nos despimos
sensuais e envolventes
neste balé sem pudor...
nossos olhos disfarçam
a crescente emoção
de estarmos tão próximos!
Um sorriso...
te flagro a olhar insistente
sem nem disfarçar...
como se de repente,
com este olhar
as pessoas sumissem
e a gente pudesse
loucamente se amar!...

(Kássya)

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Por esse amor!


Que faço se te amo?
Por esse amor
eu me entrego...
por esse amor
eu me engano!
Juro e não nego
Por esse amor
sou profano...
Juro!
não nego...
preciso deste amor
para caminhar...
e meu caminho encontrar!

(Kássya 01/11/09)

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Abraça-me!


 Abraça-me!
quero ouvir
o som de tua voz...
as batidas do teu coração!
a tua respiração entrecortada
entre desejos e delírios...

Abraça-me!
dá me tua boca
num beijo molhado...
quero o teu desejo
à flor da pele...
o teu corpo suado...

Abraça-me!
como me abraçastes
esta noite em meus sonhos...
em meus devaneios!










Abraça-me!
e em silencio
durma neste abraço...
deixe que esta noite
eu cuido do teu sonhar...

Abraça-me!
porque não posso
direcionar meu coração
para que ele não te ame
ou não te queira!
te amar não foi opção
nem sequer escolha!
Nasci te amando...

(Kássya 29/10/09)

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Olhando a chuva!


Hoje parei para olhar e apreciar a chuva!
Começou bem suave, de mansinho e aos poucos foi aumentando, ficando densa...
Sempre chove, mas ultimamente eu olho a chuva através dos vidros do carro, atrás de um limpador de para-brisa frenético a funcionar...
Já fazia algum tempo que eu não parava para admirar a chuva, escutar o som característico de água de encontro ao telhado, o cheiro do ar carregado de gotículas, de terra molhada, das árvores próximas de onde moro...
O vento começou a soprar e um leve arrepio tocou a pele; aquela sensação de friozinho gostoso de chuva; aquela que pede um abraço caloroso e carinhoso, um abraço onde você pode se aconchegar e assistir a agua cair, não importanto quanto tempo leve.
A mente se encheu de lembranças, de momentos vividos ao som desta linda melodia...
derepente senti vontade de passear pela chuva, de sentir a água molhando meu corpo e de me sentir livre!
Mas a razão falou mais alto me dizendo que "não sou mais criança para brincar na chuva!", e assim fiquei com minhas lembranças olhando, até a chuva terminar...

(Kássya 26/10/2009)

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

teu beijo...



Quando sua boca
se abre sobre a minha
num beijo suave
lascivo e envolvente

Meu corpo se aquece,
minha pele se arrepia...
os sentidos já não são
mais os mesmos!
tudo em mim
se transforma...
abre-se em meu peito
algo incompreensível

agora já não sou mais
um ser racional...
sou somente emocional
só vejo você
a se aproximar,
e em minha boca
depositar todas as delicias
que contigo sei desfrutar...

Já não penso...
flutuo em ondas de puro prazer
não tenho mais o dominio
de minhas ações...
serei somente reações

(Kássya 10/2009)

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Mulher Borboleta

Orkutei.com.br

Recebi este lindo scrap de um leitor anônimo.
achei lindo!
Obrigada pelo carinho.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Emoções ao vento



eu sou a folha
que voa com o vento de outono
eu sou a flor
que desabrocha na primavera...
eu sou o frio
que sopra no inverno...
eu sou o calor
que aquece com o sol de verão!

você é  a força
que eu não posso ver...
a vontade,
que  eu posso sentir...
você é aquela
sensação de alegria,
sem explicação,
que se apossa de meu coração!

nós somos
o infinito do universo...
as estrelas sem fim
somos um enigma indecifravél...
somos o hoje e o amanhã!

somos mais do que simples almas!
somos o amor em diversas formas...
somos o possivel e o impossivel...
somos tudo o que vai contra a razão...
vivemos pela emoção!
a emoção do amanhã do ontem
e do talvez...

(Kássya 18/10/2009)

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

JARDIM SECRETO



Eu tenho um Jardim Secreto...
um lugar especial...
onde todos os meus desejos são realizados...
onde todos os meus sonhos são possiveis...
onde ninguém pode atrapalhar...
Quer ir a este lugar comigo?

Um Jardim Secreto...
onde as flores não precisam
da primavera para florir!
Nem o Sol do verão
para brilhar!
ou a neve do inverno
para cair...
onde a chuva cai de mansinho,
somente para nos agradar...

Quer ir a este lugar comigo?
é um Jardim secreto...
criado por mim,
para nós!
Um jardim onde podemos ficar a sós,
e o tempo lá fora,
não importa, não existe...

Um jardim onde:
os problemas ficam de lado,
não tem trânsito,
nem telefones...
ou compromissos inadiavéis...
onde tudo é perfeito!

Um lugar especial
onde só eu e você
podemos entrar...
e eu posso em teus braços
e abraços me aconchegar...

Um Jardim Secreto
cujo endereço não dá para ensinar...
com portões que ninguém pode abrir,
porque a chave pertence a nós!

Um Jardim especial
cuja entrada se abre,
quando juntamos nossos corações...
e nossos beijos revelam
um código secreto...

Meu Jardim Secreto...
é um lugar especial,
onde só você e eu
podemos chegar!
E por algum tempo em paz ficar...


(Kássya 14/10/2009)

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Carta à mim mesma...


Eu queria dizer muitas coisas; eu poderia escrever milhões de palavras e nem assim conseguiria expressar-me com clareza.
Esta carta é um exemplo! Nada nela tem sentido, são só sentimentos que brotaram de minha alma e não podiam ficar esquecidos...
As vezes tenho coisas a falar e não sei como fazê-lo, fico na dúvida se exponho minhas emoções e meu coração ou se me calo; na maioria das vezes opto pela segunda opção...
É passado o tempo, e com ele tantas coisas mudaram, modificaram e se alteraram, porque nada permanece constante, nada se estatiza ao infinito...
O passado ficou lá atrás, o presente é uma dádiva de lindas emoções e o futuro quem sabe o que será?
Eu mudei, você mudou...
Nós mudamos; crescemos e nos tornamos pessoas com responsabilidades e pensamentos maduros.
A criança passada, a adolescência encantadora ficaram na memória de nossos sentimentos; esses mesmos sentimentos que me fez aprender como amar, respeitar e admirar pessoas especiais...
O tempo passou meu amor, e nas mudanças que ele provoca  eu acabei gostando mais e mais de ti, muitas pessoas com o passar dos anos deixam de gostar; mas eu continuo amando cada dia mais, como se este amor não tivesse barreiras para crescer até o infinito do universo...
Amor sem fronteiras... amor sem limites!
Ou simplesmente amor...
...eu aprendi que a vida é muito mais do que vemos ou sentimos.
Talvez por isso amo com a intensidade de um vulcão, e como ele as vezes pareço estar tranquilo mas no inteiror tudo está em ebolição; tudo pode se transformar, o amanhã pode não existir, e se isso acontecer terei muitas recordações para relembrar.
O tempo nos trouxe até aqui, com nossas alegrias, nossas conquistas mas também com nossas dores, nossas cicatrizes, nossas experiências!
E o tempo me ensinou que o amor é o que dá luz a minha vida, paz à  minha alma e tranquilidade em minhas atitudes...
O tempo me ensinou que o amor de verdade, não acaba, não vira rotina; ao contrário, o amor de verdade se redescobre a cada dia, se vive intensamente como se fosse o último segundo de vida; o amor de verdade se encanta com sorrisos, palavras, olhares...
Amor de verdade é simples!
Quando se ama de verdade o "eu te amo" tem outra conotação, outro valor; é mais intenso e cheio de emoções que só quem ama de verdade consegue entender.
O amor não tem grilhões, ou rótulos, não prende, nem exige mais do que o outro pode lhe dar!
Meu coração tem por você um apreço enorme, um amor infinito, uma paixão, uma loucura, ou seja lá o nome que se dá a este sentimento.
Declarações de amor são consideradas "bregas", mas não conheço outro modo de dizer:
Eu te amo! -  e, é pouco para o muito que sinto...
Não digo obrigado pelo bem que você me fez no passado, mas digo obrigado pelo bem que você ainda me faz; obrigado por se fazer presente em minha vida...

(Kássya - outubro/2009) 

sábado, 10 de outubro de 2009

"DUAS VEZES VOCÊ...'


Se a saudade
não doesse assim...
Nem tão grande
fosse a solidão...

Se eu soubesse
gostar só de mim,
Te expulsava
do meu coração!

Se eu pudesse
não ser como sou.
E aprendesse como te odiar...
Mas só sei sentir amor,
Você sabe que me ganhou,
Mas não vou me entregar.

Todos os meus sonhos são teus!
Pois comigo você sempre está,
Mesmo quando eu penso em Deus,
eu só sei te lembrar...
e te amar!

Se fosse preciso escolher,
em te amar ou poder te esquecer,
Sei que o meu coração pediria:
Duas vezes você!...

musica: César e Paulinho
composição: indisponível

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

"Soneto de Fidelidade"


De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento,
E em seu louvor hei de espalhar meu canto,
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive...
Quem sabe a solidão, fim de quem ama...

Eu possa dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure...

Composição: Vinicius de Moraes / Capiba

terça-feira, 6 de outubro de 2009

"SÓ HOJE..."


Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal...
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir

Hoje eu preciso te abraçar...
Sentir teu cheiro...
Pra esquecer os meus anseios
e dormir em paz!

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo.

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar...
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia...
Que eu faço tudo errado sempre, sempre.

Hoje preciso de você
Com qualquer humor, com qualquer sorriso
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje...

Composição: Fernanda Mello e Rogério Flausino

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

"Se o amanhã não vier..."



"Se eu soubesse que
essa seria a ultima vez
que eu veria você dormir...
Eu aconchegaria você mais apertado!
E rogaria ao Senhor
que protegesse você...

"Se eu soubesse
que esta seria a ultima vez
que veria você sair pela porta,
Eu abraçaria, beijaria você
e chamaria de volta,
para abraçar e beijar
uma vez mais...

Se eu soubesse
que esta seria a ultima vez
que ouviria a tua voz em oração,
eu filmaria cada gesto,
cada palavra tua,
para que pudesse
ver e ouvir de novo,
dia após dia...

Se eu soubesse
que esta seria a última vez,
eu gastaria um minuto extra,
ou dois para dizer:
EU TE AMO! 
Ao invés de assumir
que você já sabe disto!

Se eu soubesse
que essa seria a última vez...
Eu estaria ao teu lado
partilhando do teu dia,
ao invés de pensar:
“bem tenho certeza
que outras oportunidades virão,
então eu posso deixar
passar este dia...
é claro que haverá um amanhã
para se fazer uma revisão...
e nós teríamos uma segunda chance
para fazermos as coisas
da maneira correta!
é claro que haverá outro dia
para dizermos: EU TE AMO!
e certamente haverá
uma nova chance
de dizermos um para o outro:
“posso te ajudar em alguma coisa?”

Mas no caso,
eu estava errado!
e ontem foi nosso último dia...
Eu gostaria de dizer
o quanto eu AMO VOCE!
e espero que nunca
esqueçamos disto...

O dia de amanhã
não está prometido
para ninguém,
jovem ou velho!
E hoje pode ser
á ultima chance
de segurar bem apertado
a mão de quem você ama...
Se você está esperando
pelo amanhã, por que
não fazer hoje?

Porque se o amanhã não vier,
você com certeza
se arrependerá
pelo resto da sua vida,
de não ter gasto aquele
tempo extra num sorriso,
num abraço, num beijo...
porque você estava
“muito ocupado”
para dar para aquela pessoa
aquilo que acabou sendo
último desejo que ela queria...

Então abrace
seu amado ou sua amada hoje
bem apertado..
sussurre em seus ouvidos
dizendo o quanto o ama
e o quanto o quer junto de você!
Gaste um tempo para dizer:
“Me desculpe!”
“por favor?”
“me perdoe...”
“Obrigado!”
ou ainda:
“não foi nada!”
“está tudo bem!”

Por que, se o amanhã
jamais chegar,
você não terá que se arrepender
pelo dia de hoje!
Pois o passado não volta...
e o futuro talvez não chegue...

Eu te amo!!!

este texto foi anexado ao mural de comunicação interna da TAM, pelo marido de uma das aeromoças mortas, um dia após a queda do Airbus., desconheço a autoria.
(recebido por email de Márcia Bergami)

domingo, 27 de setembro de 2009

"Eu te Amo!"

Quando te beijo
o mistério e o fascínio
tomam conta de mim,
encontro nestes teus lábios
um oásis encantado
aonde múltiplos segredos do amor
precisam ser desvendados,
na textura macia e quente de tua língua,
mergulho na piscina de água quente
da fascinação de uma ardente paixão.

Palavras de carinho
são ditas pela tua boca querida
ao pé do meu ouvido,
este comovido, ao som de sua voz,
faz o meu coração estremecer
da mais doce emoção,
á mim ela soa como a mais linda
e envolvente canção.

Nossos corpos unidos
em um conluio perfeito,
amando-se em puro delírio,
é entrega,
é paixão em constante devaneio,
é uma viagem ao sétimo céu,
é você e eu caminhando juntos
sob a visão dos deuses do amor,
indo na direção de um mundo
aonde não existe o mal ou sua dor.

Somos namorados e navegantes,
a singrar neste barco
da obcecada vontade
sempre crescente,
de sermos não mais que um só.
Nossas almas são casadas
em sua essência mais intima,
mais pura,
a tal ponto de nos vermos refletidos
um no outro!

No âmago deste amor
sem tamanho ou limite
só há espaço para a união
do aconchego e do prazer,
da lealdade e do companheirismo recíproco,
sem falar no encaixe perfeito de cabeças,
troncos, pernas e coxas
em um enlace divino
e amorosamente humano...
ah! eu neste momento
só quero te dizer uma coisa
meu querido:- Eu te amo.

ELTON DAS NEVES O ANJO DAS LETRAS.
http://eltondasneves.blogspot.com
(Agracimento especial ao escritor Elton da Neves que gentilmente me autorizou a postagem desta linda poesia)

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

"SOM E IMAGEM" (Uma Tatuagem)


Uma estrela pode não brilhar
E o sol não aparecer
O inverno pode não passar
E o verão desaparecer

O meu coração pode parar
Meu sorriso pode entristecer
A saudade pode machucar
Mas não deixo de amar você...

Seu amor é assim,
ar que eu respiro
Água que eu bebo,
suor que eu transpiro
Só você faz explodir no meu peito
Essa louca paixão
Seu amor é assim, som e imagem
Sonho sem fim, uma tatuagem
Te amo com todas as forças do meu coração

Se a chuva nunca mais cair
E o vento nunca mais soprar
Se o azul do céu descolorir
Mesmo assim não deixo de te amar

Seu olhar me pregou um feitiço
Não consigo mais me libertar...
Se você meu bem não existisse
Sei que eu iria te inventar!

Seu amor é assim, som e imagem
Sonho sem fim, uma tatuagem
Te amo com todas as forças do meu coração

(musica de Guilherme e Santiago
composição: Carlos Randal e Randalzinho)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

"A MULHER QUE EU AMO..."



“A mulher que eu amo tem a pele morena
é bonita, é pequena e me ama também
a mulher que eu amo tem tudo que eu quero...
e até mais do que espero, encontrar em alguém

A mulher que eu amo tem um lindo sorriso!
é tudo que eu preciso pra minha alegria,
a mulher que eu amo tem nos olhos a calma
ilumina minh’alma, é o sol do meu dia...

Tem a luz das estrelas e a beleza da flor
Ela é minha vida,
Ela é o meu amor...

Seu amor é pra mim o que há de mais lindo,
se ela está sorrindo eu sorrio também
tudo nela é bonito, tudo nela é verdade
e com ela eu acredito na felicidade

A mulher que eu amo enfeita minha vida
meu sonhos realiza, me faz tanto bem

Seu amor é pra mim o que há de mais lindo
se ela está sorrindo eu sorrio também
tudo nela é bonito, tudo nela é verdade
e com ela eu acredito na felicidade”...

(Que linda declaração de amor)
(musica tema de Helena e Marcos - Viver a vida
composição de Roberto Carlos)

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

"Pássaro de Fogo"


Vem se entregar pra mim
Como a primeira vez
Vem delirar de amor
Sentir o meu calor
Vem me pertencer

Sou pássaro de fogo
Que canta ao teu ouvido
Vou ganhar esse jogo,
Te amando feito louca
Quero teu amor bandido...

Minh'alma viajante,
coração independente
Por você corre perigo
To afim dos teus segredos
De tirar o teu sossego
Ser bem mais que uma amiga

Não diga que não
Não negue a você
Este amor
Esta paixão
Diz pra mim...

Tão longe do chão!
Serei os seus pés
Nas asas do sonho rumo ao teu coração...
Permita sentir
Se entrega pra mim!
Cavalga em meu corpo
Oh! minha eterna paixão...

(Paula Fernandes)

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

"Eis me aqui Senhor!"


Senhor!
Eis me aqui
novamente aos teus pés...
Em ti esta o meu refugio
meu escudo e proteção!
Eis me aqui Senhor!
com a alma angustiada,
com a mente atribulada,
com o coração apertado
e cheio de preocupações;
que me trouxeram a insônia
e o descompasso
de meus pensamentos...
Por isso,
eis me aqui Senhor!
Derrama a tua shekinah
em minhas inquietações,
em minha alma
para que ela se acalme.
Senhor,
usa de tua infinita sabedoria
e acalme meu coração,
que não consegue se controlar!
Dê-me alento e forças
para pensar com calma...
Passei a noite
a conversar contigo!
coloquei em ti
todas as minhas inquietações,
minhas atribulações,
abri na tua presença
a minha alma e o meu coração...
Tu que tudo sabes,
conheces o motivo
de minha inquietação,
de minha preocupação...
como nada posso fazer
além de minhas orações,
eis me aqui Senhor!

Tu me destes um presente precioso,
incomparável, de estimado valor...
a minha vida!
Em ti confio
e estou pondo em tuas mãos...

Senhor!
Peço a Tua presença constante;
manda Teus anjos
acamparem em derredor
e que nenhum mal sobrevenha...
Que tua mão guie tudo
o que precise ser feito
Que tudo seja observado por ti
Que seu amor infinito
desanuviem as lágrimas
que teimam em brotar
em meus olhos...
Acalma este coração!

E que eu possa voltar aqui
para agradecer e não para pedir.

Guarde, proteja e não desampare
as pessoas que amo!
Amém!

(Kássya 11/09/2009)

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Silêncio do coração


Ouça o silêncio do meu coração...
Ele diz mais do que mil
eloquente vozes...
Ouça o silêncio
do meu coração:
ele toca melodias inéditas
compostas para você!
explode em emoções,
em sorrisos...
em frases!...
as mais importantes:
não foram faladas,
estão guardadas dentro dele...
Porque tem coisa
que só o silêncio
pode viver...
Que só o silêncio
pode entender e compreender...
O silêncio do coração
acompanhado de um olhar
pode dizer muito mais
que que se pode pensar!

Tire todo som à sua volta;
feche os olhos,
aguarde...
em poucos segundos,
começará a escutar
o suave pulsar do teu coração...
tímido no início,
depois alto e forte!
É o silêncio do coração
falando com você...
Preste atenção
ele está te contando segredos...

ouça o silêncio do meu coração
ele esta em sintonia com o teu!
Ouça o silêncio do meu coração
ele tem mistérios para te revelar,
um deles pode ser o motivo
deste coração te amar...
ouça o silêncio do meu coração
porque dentro dele tem
a razão desta paixão!

(Kássya 05/09/09)

sábado, 29 de agosto de 2009

É sério?? - ou será que estão de brincadeiras???



As vezes penso que moro num país além da imaginação, de faz de contas ou de histórias em quadrinhos!!!!
Tantas são as histórias fora do comum, engraçadas e difícies de acreditar que por aqui acontecem.
Por exemplo:
O que leva um rapaz de apenas 22 anos de idade, tomar três comprimidos de Viagra* de uma só vez?
Bem eu mesma respondo: BURRICE, ESTUPIDEZ ou seria miolo mole? o resultado de tanta insanidade foi uma ereção de três dias e como consequência da falta de irrigação sanguinia uma necrose e a amputação total do membro do rapaz.
Muitos de vocês irão me perguntar, isto é verdade?
Verdade verdadeira meus amigos, aconteceu no Rio de Janeiro e foi noticia em todos os jornais.
Mas como vivo num mundo além da imaginação, no mesmo dia uma professora primaria foi a uma festa, bebeu acima do limite e subiu ao palco da danceteria para dançar um tal de "Todo enfiado" - virou noticia porque o vídeo caiu na rede, na boca do povo e foi demitida.
O que faz eu pensar que moro num mundo de fantasia?
É que o tal vídeo virou assunto nacional, foi destaque em todos os jornais, alguns repórteres até comentaram com um certo sorriso nos lábios. A atitude da professora gerou indignação e um puritanismo fora do comum; como se neste país não houvessem outras sacanagens mais graves do uma mulher que passa dos limites e prejudica a si mesma.
Ouvi várias pessoas dizerem que foi falta de ética, sacanagem explicita, falta de vergonha e mais outros bordões do gênero.
Parei para pensar no porque de tanta indignação com algo que daqui uma semana não terá mais nenhuma relevância e poucas pessoas irão comentar?
Disseram que ela foi demitida por princípios éticos; partindo deste porém, fica aqui a minha indignação; não pelo ato da professora que deveria ter pensado nas consequências de seus atos; nem por ela ter sido demitida; mas pelo falso puritanismo, pela falsa indignação das pessoas e das autoridades. Porque num pais onde a Ministra da casa civil, a ministra chefe, seus assessores, senadores, deputados e uma porção de parlamentares estão envolvidos em atos secretos, nomeações ilícitas, atos de corrupção, falcatruas, mentiras... etc... etc... Onde uma CPI absolve um ex ministro mesmo tendo provas de seu envolvimento em vários casos inclusive de espionagem, quebra de sigilo... contrabando de informações; onde todos estão "Todo enfiado" até os pescoço no lamaçal da desonestidade e NINGUÉM faz nada, toma nenhuma providência; resolveram crucificar a professora?
Na minha opinião, deveríamos ficar mais indignados com a situação do nosso Senado, Congresso e ministros do que a vida pessoal de uma professora, que num momento errado expôs seu erotismo em público. Ou será que os atos de corrupção dos políticos já não geram mais indignação na sociedade?
Será que eles também não deveriam ser demitidos ou destituídos de seus cargos por princípios éticos?

(Kássya 28/08/2009)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Miocardiopatia - Quando uma história de amor não tem um final feliz...


Conheci Anna Beatriz á alguns meses, quando ela me enviou um linda mensagem e um comentário; não sei porque passamos a conversar pelo msn.
Ela estava em um leito de hospital, a espera de um transplante de coração; era casada a pouco mais de 4 anos com o amor de sua infância e tinha apenas 28 anos; estava triste e sentia saudades do marido, todos lhe diziam que ela sairia logo dali; mas ela achava que era mentira.
Eis a sua história:

Ela tinha apenas 6 anos quando viu José Luís pela primeira vez; ele havia se mudado para a casa em frente a sua; garoto diferente, moreno, mais alto que os garotos da rua, cabelos escuros; e o mais importante ele tinha falado bom dia!
Ficou olhando os novos vizinhos com a mudança por algum tempo; então entrou correndo para casa; a mãe havia preparado bolinhos e pasteis de Santa Clara; se encostou na mesa e disparou:
- Mãe temos novos vizinhos! Posso levar uns bolinhos e uns pasteizinhos para eles? já a algum tempo estão a carregar as caixas da mudança...
A mãe lhe sorriu! Fez um prato com as guloseimas e deu na mão da filha.
- Não corra!
Ela não correu, voou até a casa, sua curiosidade era enorme.
Quem lhe atendeu foi José!
- Minha mãe mandou um lanche para vocês!
- Müchas gracias! - ele respondeu. O pai o repreendeu dizendo para que ele não falasse em espanhol com os vizinhos; e ao mesmo tempo a convidou para entrar.
A mãe de José se chamava Rosário (que nome estranho ela pensou), o pai era Antonio. O menino era mais bonito de perto, seus olhos eram tão escuros, tão diferentes... e o mais engraçado a mãe o chamava de Rossé (só mais tarde veio a entender que era o modo de pronunciar o nome dele em espanhol).
Anna: - Eu tinha apenas 6 anos, mas naquele momento sabia que ele era o homem de minha vida!

Ele tinha exatamente 10 anos quando conheceu Anna, estava se mudando para a casa em frente a dela, quando a viu brincando; pequena, cabelos loiros, vestia uma calça azul e uma camiseta toda manchada de barro, os cabelos estavam amarrados numa chiquinha; lhe retribuiu o bom dia, com um sorriso alegre.
Quando ela bateu em sua porta com um prato de guloseimas, ele não sabia o que fazer...
José: - Os olhos dela eram de um profundo azul, ela parecia um anjo, daqueles de santuário; mas também tinha algo de frágil. Daquele dia em diante decidi que a protegeria de qualquer coisa, custasse o que custasse!

Os anos se passaram, eles sempre foram bons amigos; com pouco mais de 18 anos, ela descobriu que o amava... começou a se distanciar com medo dele descobrir, até arrumou um namorado.
Ele estava com 22 anos e era da Força Aérea; um dia ao chegar em casa encontrou-a conversando com um garoto ao portão; quase morreu, seu coração se apertou e ele ficou com ciúmes, sua vontade era de esmurrar o pobre do rapaz; foi o pai que não deixou; aconselhou-o a conversar com ela.
Começaram a namorar em Dezembro de 2000.
Haviam marcado o casamento para Setembro de 2002, mas neste instante as coisas começaram a mudar. Anna até então sempre saudável, começou a sentir dores no peito, palpitações e falta de ar, todos achavam que era por causa da expectativa do casamento; mas ela foi internada pela primeira vez faltando apenas um mês para a festa, tudo foi desmarcado; o médico diagnosticou Miocardiopatia*, ainda não sabia que tipo era, mas era isso mesmo. Ela não poderia sofrer grandes esforços, seu coração não aguentaria.
A doença foi controlada e eles se casaram no final de 2004, com recomendações médicas para que ela não engravidasse, o médico temia o parto. Ele saiu da Força Aérea e foi trabalhar na aviação comercial.
Tudo estava bem, ela tinha algumas crises, mas nada grave; até Fevereiro deste ano; Anna teve uma arritmia muito forte, chegou ao hospital em estado grave; foi-lhe recomendado internar para tratamento e foi diagnosticado a necessidade de um transplante, caso contrário morreria.
José acabou dobrando as viagens para mantê-la no hospital, deu a ela um notebook, para que pudessem se ver todos os dias. Sentia saudades da mulher mas era preciso.”

E assim ela me achou, e aos poucos foi me contando um pouco da sua história; depois que publiquei “Só o amor é real”, ela me pediu que baseada nas coisas que me contava que escrevesse um poema para ele, algo que mostrasse o quando ela o amava, o quanto sentia a sua falta, das suas dores e da sua esperança...
Escrevi Contradições de um Coração; mandei para ela ler e aprovar; não recebi resposta até dia 30 de Julho. Neste dia ao abrir meu email, havia uma mensagem de José:

“ Querida borboleta,

Nos últimos meses nós aprendemos a navegar em tuas asas; e Anna descobriu em ti, uma pessoa muito querida, que passavas horas a teclar.
Nestes últimos dias ela passou muito mal, teve que ir para o CTI. Ficou monitorada e assistida por dias. Infelizmente não resistiu, e nos deixou.
Deixou principalmente a mim, perdido e desolado; estava a voar e sua mãe havia ido até a casa buscar algumas coisas; o hospital estava de prontidão, pois tínhamos um doador; ela teve uma arritmia muito intensa e morreu; Anna morreu sozinha no hospital e isso era o que ela mais temia; NUNCA irei me perdoar, não sei como viverei sem ela;

O poema que escrevestes é lindo, li e reli por horas, nele senti e ouvi a voz dela, capitaste tão intensamente os sentimentos que lhe iam ao coração; não percebi a tristeza de minha amada, achei que estava fazendo o melhor; tem minha autorização para publicar, (se assim o achares conveniente) ela adoraria.”

(aqui me reservo o direito de omitir algumas declarações pessoais dele)


Anna morreu dia 25/07/2009, poucas horas antes do transplante!

(Kássya 06/08/2009)

*Miocardiopatia = Literalmente quer dizer doença do músculo do coração é a deterioração da função do miocárdio (o músculo do coração) por alguma razão. Pessoas com miocardiopatia estão sempre sofrendo o risco de uma arritmia ou morte cardíaca súbita ou ambos. São incapazes de bombear um volume de sangue suficiente que supra as demandas do organismo e acarretam a insuficiência cardíaca. (Wikipédia)

*“Cerca de 70% das pessoas com miocardiopatia morre nos cinco anos subsequentes ao início dos sintomas e o prognóstico piora à medida que as paredes cardíacas tornam-se mais delgadas e a função cardíaca diminui.
Medidas que auxiliam a reduzir a tensão sobre o coração incluem o repouso e o sono suficientes e a redução do estresse.
...No entanto, a menos que a causa da miocardiopatia possa ser tratada, é provável que a insuficiência cardíaca acarrete a morte do paciente. Devido a esse prognóstico sombrio, a miocardiopatia é a indicação mais comum para a realização de um transplante cardíaco.” (*Merck Sharp & Dohme)

sábado, 22 de agosto de 2009

Felizes para sempre! "O Segredo"


Assistindo ao telejornal, vi uma reportagem que dizia que os estudiosos e pesquisadores querem descobrir qual o segredo dos casais que vivem juntos a muitos anos e ainda são felizes como no início da união; eles querem saber porque ainda se amam com ardor e paixão e o que faz com que eles tenham um brilho especial no olhar.
Qual o segredo?
Não sei qual será a conclusão dos estudiosos, mas assistindo a reportagem anotei a resposta de um casal que estão juntos á 65 anos:
Ele:
- Olho para ela todos os dias, e ainda vejo a jovem que conheci a 65 anos, ainda gosto do sorriso dela; e sei quando seus olhos brilham numa brincadeira; ou porque ela está feliz, ou quando está brava por alguma coisa.
Aceito todas as mudanças que os anos nos trouxeram, e a acho bonita. Ouço suas opiniões, e procuro entender seus pontos de vista. Agradeço por ela me aturar e procurar me entender. Elogio todos os dias os seus cabelos sempre arrumados, seus olhos, seu rosto, seu sorriso, seu esforço em me fazer feliz e adoro o cheiro dela. Me sinto um menino com isto!

Ela:
- Amor eterno é aquele que você ama para sempre!
e amar para sempre é amar todo dia, e amar todo dia é amar a pessoa que hoje é diferente de ontem, porque nós mudamos todos os dias, estamos em constante evolução. Somos diferentes sempre e devemos entender e olhar o outro como uma pessoa real. O amor é lindo e eterno quando você entende que ele não é perfeito, porque a perfeição não existe, e consegue ver os defeitos e mesmo assim aceitar. Então você ama para sempre!
É assim que eu o amo! Amo o homem diferente que ele é todos os dias, então todos os dias tenho um novo amor! Olho para ele e entendo o quanto ele é importante para mim e para a minha vida, eu não saberia viver se ele se fosse.

O casal encerrou a reportagem com um beijo e um abraço extremamente carinhoso, que parecia ser o primeiro!

Será que ainda não descobriram “o segredo”?

(Kássya 21/08/09)

sábado, 15 de agosto de 2009

"Pensando em nós!..."


Coloca em minha boca

o mel dos teus beijos...

Transcenda a minha existência

com a tua presença!

Preencha meus espaços

com os carinhos teus...

Encha-me de paixão...

Pelo sim ou pelo não!

Transborda meu coração

de sensações e emoções

que só você pode me dar.

Diz para mim

tudo o que gosto

de ouvir na tua voz...

Fica em mim

para que eu tenha paz!

Me conduza ao céu

com o brilho do teu olhar...

Porque este coração te ama!

E basta a simplicidade da tua presença

para que ele se sinta feliz e pleno!...


(Kássya 14/08/09)

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

"A VIAGEM..."


Dia desses li um livro que comparava
a vida à uma viagem de trem.
Uma comparação extremamente
interessante quando bem interpretada.

Interessante,
porque nossa vida é como uma viagem de trem,
cheia de embarques e desembarques,
de pequenos acidentes pelo caminho,
de surpresas agradáveis com alguns embarques
e de tristezas com os desembarques...

Quando nascemos,
ao embarcarmos nesse trem encontramos duas pessoas
que acreditamos que farão conosco a viagem até o fim:
nossos pais.
Não é verdade. Infelizmente,
em alguma estação eles desembarcam
deixando-nos órfãos de seus carinhos,
proteção, amor e afeto.
Mas isso não impede que durante
a Viagem embarquem pessoas interessantes
que virão a ser especiais para nós:
nossos irmãos, amigos e amores.
Muitas pessoas tomam esse trem a passeio,
outras fazem a viagem experimentando
somente tristezas.

No trem há também outras
que passam de vagão em vagão,
prontas para ajudar quem precisa.
Muitos descem e deixam saudades eternas.
Outros viajam no trem de tal forma
que quando desocupam seus assentos
ninguém sequer percebe.

Curioso é considerar que alguns passageiros
que nos são tão caros acomodam-se
em vagões diferentes do nosso.
Isso nos obriga
a fazer essa viagem separados deles.
Mas isso não nos impede
de atravessarmos com grande dificuldade
nosso vagão e chegarmos até eles.
O difícil é aceitarmos
que não podemos sentar ao seu lado,
pois outra pessoa estará ocupando esse lugar.

Essa viagem é assim:
cheia de atropelos, sonhos, fantasias,
esperas, embarques e desembarques.
Sabemos que esse trem jamais volta.

Façamos essa viagem da melhor maneira possível,
tentando manter um bom relacionamento com todos,
procurando em cada um o que tem de melhor,
lembrando sempre que...
em algum momento do trajeto poderão fraquejar,
e, provavelmente,
precisaremos entender isso.
Nós mesmos fraquejamos algumas vezes.
E, certamente, alguém nos entenderá.

O grande mistério é que não sabemos
em qual parada desceremos.
E fico pensando:
quando eu descer desse trem
sentirei saudades?
Sim!
Deixar meus filhos
viajando sozinhos será muito triste.
Separar-me dos amigos que nele fiz,
do amor da minha vida,
será para mim dolorido.

Mas me agarro na esperança de que:
em algum momento estarei na estação principal
e terei a emoção de vê-los chegar com sua bagagem,
que não tinham quando embarcaram.
E o que me deixará feliz
é saber que de alguma forma
eu colaborei para que essa bagagem
tenha crescido e se tornado valiosa.

Agora, nesse momento
o trem diminui sua velocidade
para que embarquem e desembarquem pessoas.
Minha expectativa aumenta
à medida que o trem vai diminuindo sua velocidade...

Quem entrará? Quem sairá?

Eu gostaria que você pensasse
no desembarque do trem,
não só como a representação da morte,
mas também como o término de uma estória,
de algo que duas ou mais pessoas construíram
e que por um motivo ínfimo deixaram desmoronar.

Fico feliz em perceber
que certas pessoas como nós,
têm a capacidade de reconstruir para recomeçar.
Isso é sinal de garra e de luta,
é saber viver,
é tirar o melhor de “todos os passageiros”.

Agradeço muito
por você fazer parte da minha viagem,
e por mais que nossos assentos
não estejam lado a lado,
com certeza,
o vagão é o mesmo.

(desconheço a autoria)
recebido por email de Márcia Bergami em 05/08/09

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Quando a gente ama


Quem vai dizer ao coração,
Que a paixão não é loucura
Mesmo que pareça
Insano acreditar

Me apaixonei por um olhar
Por um gesto de ternura
Mesmo sem palavra
Alguma pra falar

Meu amor,
a vida passa num instante
E um instante
é muito pouco pra sonhar

Quando a gente ama,
Simplesmente ama
É impossível explicar
Quando a gente ama
Simplesmente ama!

Música de Oswaldo Montenegro
letra: Marcelo Barbosa Barreti/Nil Bernardes/Fábio Caetano

domingo, 9 de agosto de 2009

PAI... Você é especial!


Pai, pode ser que daqui a algum tempo
Haja tempo pra gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos,
pai e filho talvez...
Pai, pode ser que daí você sinta,
qualquer coisa entre esses vinte ou trinta
Longos anos em busca de paz....
Pai, pode crer, eu tô bem eu vou indo,
tô tentando vivendo e pedindo
Com loucura pra você renascer...
Pai, eu não faço questão de ser tudo,
só não quero e não vou ficar mudo
Prá falar de amor pra você
Pai, senta aqui que o jantar tá na mesa,
fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensine esse jogo da vida,
onde a vida só paga pra ver
Pai, me perdoa essa insegurança,
é que eu não sou mais aquela criança
Que um dia morrendo de medo,
nos teus braços você fez segredo
Nos teus passos você foi mais eu
Pai, eu cresci e não houve outro jeito,
quero só recostar no teu peito
Pra pedir pra você ir lá em casa
e brincar de vovô com meu filho
No tapete da sala de estar
Pai, você foi meu herói meu bandido,
hoje é mais muito mais que um amigo
Nem você nem ninguém tá sozinho,
você faz parte desse caminho...
Que hoje eu sigo em paz
Pai...

Você é Especial

Neste mundo de tantas dificuldades,
encontrar pessoas dignas de respeito
é algo quase impossível.

Mas essa luz brilhou em meu caminho.
Eu que ainda busco exemplos, encontrei você.

Descobri também que ser pai ou mãe,
não é simplesmente fecundar alguém,
mas principalmente participar da vida de quem se ama.

Por isso, vejo em você um grande exemplo de pai,

Neste dia, onde os filhos buscam palavras
para expressar o seu amor e gratidão aos pais,
eu busco demonstrar em forma de poesia,
que você ainda é muito querido.

Que diariamente me inspira
a ser um ser humano melhor e mais generoso.

Através dos teus exemplos tenho entendido
que vale a pena ser uma pessoa honesta
e que a dignidade é um dom,
uma dádiva concedida àqueles que a buscam.

Você foi e é, a fonte de minhas respostas
para as grandes dúvidas que eu tinha ou venha a ter...
A luz para a minha vida, para o meu caminho,
pois eu te elegi o meu exemplo...


Pai, você não teve tempo de brincar com vovô com os meus filhos...

Mas ainda faz parte do meu caminho...

Pai - musica de Fabio Jr.
Você é especial - www.sabedoriadosmestres.com.br

sábado, 8 de agosto de 2009

Sintonia e Desejo


Toda hora me vem um desejo!
Até a lua sabe o segredo de nós dois...
A lenda de um amor...
Um conto de paixão e prazer

Fogo que acende e me queima
Essa loucura toda que eu só sinto por você
Ainda sei de cór
Seu gosto, seu gemido, o seu cheiro...

Olha!
Faça fazer a nossa história
Nossos momentos bons de glória e paz
De sintonia e desejo...

O meu coração cheio de paixão
Bate por você
Preciso te dizer te amo!
Eu te amo!!!

(Ivete Sangalo/Gigi)

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

"És..."


És a minha luz...
um amor que me seduz!
Guardo para ti
os meus beijos...
És a fonte
dos meus desejos
mais profundos...
És tudo em mim,
levo em meus lábios
todo o teu sabor!
És os meus sonhos
mais lindos...
e também os meus pesadelos
mais tristes...
Em ti repouso o meu passado
me deleito com o presente,
e reflito sobre o futuro!...

(Kássya 17/07/09)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Inevitável


É animal...
é tão voraz,
essa paixão!
É vendaval
me tira a paz,
faz confusão!
Chega a dar medo,
sabe o segredo
do meu coração...
é sempre assim.
sem avisar,
me surpreende...
Demais pra mim
quando sei lá;
chega e me rende.
Me devora,
depois some!
A alma chora!

É inevitável
te amar assim...
Quantas vezes
digo não!
mas lá no fim
sempre me entrego...

É inevitável
o poder da paixão!
Se tento esquecer
lá dentro o coração
fica surdo...
fica mudo...
fica cego!...

(letra de Zé Henrique
música de Bruno & Marrone)

sábado, 1 de agosto de 2009

Contradições de um coração


Você vem com doces palavras!
Com seus afagos alucinantes...
Sinto o gosto dos teus beijos
e não sei mais quem sou...
Já não tenho domínio sobre mim,
sobre os atos e os fatos...
Me enche de alegria e prazer!
Tuas palavras me convencem
de que são verdadeiras...
E eu te amo!!!!!
Mas depois se vai,
sei que é preciso,
mas eu fico só com doces palavras
e lindos momentos...
Passo a viver de doces mentiras!
Te esqueces que sou real...
e que amanhã posso não estar mais aqui!
Te esqueces,
Que meu corpo se consome
de desejos por ti...
Que meus braços esperam
pelos teus!
Que meu sangue pulsa
alimentando esta paixão!
Que meu coração bate e sofre...
Te esqueces que ainda estou aqui!

Só, com lembranças.
a mulher forte
se consome na expectativa do amanhã.
A fragilidade é guardada,
senão ela não aguenta a realidade...
Realidade cruel!
Se esconde atrás
da muralha da perfeição,
quando o que ela mais quer
é ser imperfeita...

Tu somes por dias, semanas...
E meu coração fica só...
Aos poucos vou tendo consciência
das doces mentiras...
A dor lacera o peito!
E juro:
nunca mais irei te querer!
não vou mais aceitar
a tua ausência!
Não mais acreditarei
em tuas palavras!

O silêncio corrói o coração!
A alma dói!
A espera é dolorosa e angustiante!
Lágrimas banham o meu rosto!
Eu quero um minuto
do teu tempo só para mim...
O desejo está a flor da pele.
E nas contradições de um coração,
um sorriso acalma o pranto
e neste encanto,
na calma e no desespero deste amor
eu sei que vou te esperar;
sem saber, quem sabe,
que dia e hora irei te encontrar...

(Anna - in memoria)
... as vezes palavras tão simples, vem de encontro ao nosso coração!