sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Com qual caricia...

Você faz tudo que eu gosto
Quando se deita comigo,
Quando a luz se apaga, (és meu) rei
E eu já conheço o seu jeito
Nosso romance é antigo

Basta olhar nos olhos e... eu já sei
Porque,  o que,  e como você quer
Com qual carícia vou te seduzir...
Faz muito tempo que a gente faz
E como na primeira vez eu quero mais

Um pouco de ciume sempre vem
Mas no primeiro beijo já passou...
Eu quis, eu quero e sempre vou querer
Rolar e descansar no seu amor...

Eu já cai no mundo e me deixei iludir...
Fiz tanta coisa errada e quase te perdi!
Hoje eu não me engano,
Estou feliz assim...
E nada nesse mundo vale mais
Do que você pra mim!...

Composição: Peninha
musica: João Paulo&Daniel

4 comentários:

Anônimo disse...

Encontras sempre o que teu coração pede!!!!AMOR,DEDICAÇÃO E PAIXÃO! És uma mulher muito apaixonada.AME e deixe-se AMAR.tremendamente bom sentir-se AMADA. bjs

Anônimo disse...

nao procures saber tudo, descobrir tudo, nao desvendes o amor....
deixa o amor fluir, e que todos os dias tenhas um promenor mais descoberto...
o amor é descoberta, é a sensaçao de que tudo esta por descobrir, que ha sempre algo mais a ter.
nao deixes a sensaçao de saber tudo cair em ti.
é o descconhecido dentro do que conhecemos que nos faz correr, nos mantem prisioneiros de amor, e é tao bom tar assim.
o amor é um pouco como o mar bravio, com suas ondas altas e baixas, e suas mares de ida e volta..... o amor é assim.
do que conheces, nao fales, simnplesmente usufrui, degusta, vive....
do que falta conehcer aplica o amor forte, a seduçao e vai caminhando nessa descoberta. amar é assim....
a luta, a busca, o vencer todos os dias algo...
beijos

antonio ferreira
voarnopensamento

PENTECOSTAL WEB RÁDIO disse...

Olá, Me tornei uma seguidora do seu blog,
o meu é:
www.pentecostalwebradio.blogspot.com
visite, seja um seguidor e divulgue nossa web radio.

Jackie Freitas disse...

Kassya, minha querida!
Que lindo poema! Uma verdadeira entrega de sentimentos! Acho que o amor tem dessas coisas mesmo. Montanha russa de emoções mas que no final vale a pena!
Grande beijo,
Jackie