segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Paixão de uma vida inteira...

Faço jeitinho de quem nada quer
mas o que quero
são teus braços ao redor de mim...
E assim a loucura deste amor
será minha companheira,
faceira, gostosa, brejeira
Paixão de uma vida inteira!

Meus sonhos, meus segredos
és dono e guardião
no passado e no presente
minha esperança a sorrir...
Páginas de um livro
ainda a escrever
livro cujas páginas
só nós sabemos ler...

Kássya Mendonça (30/12/2010)

9 comentários:

Thales Maciel disse...

Que poesia linda, meus parabéns
beijos!

Principe Encantado disse...

Kassya adorei
"Meus sonhos, meus segredos
és dono e guardião
no passado e no presente
minha esperança a sorrir..."
Sensacional.
Abraços forte

Sissym disse...

Hummmm amigaaaa.... voce me fez lembrar de alguem muito especial... até na foto... la la la la la... eu vou, eu vou... kkkkkkk

vidarealdasam disse...

Olá queridíssima !!!

Ahhh que poema delicioso !!!
Muito inspirador !! até suspirei e agora vou ali dar um beijão no maridão huuumm
Arrasou amiga, belas palavras descrevendo um sentimento intenso e verdadeiro !!
Grande beijo !!!

Fatima Zanin disse...

Muito linda a poesia, emociona,linda..
Beijo.

Marcos Airosa disse...

Minha amiga do coração, a poesia exprimes nossos maiores desejos e sentimentos, belíssima poesia. Bjo.

Jackie Freitas disse...

Olá minha linda Kassya!!!
Que lindo e romântico poema...Eu o declamaria ao meu amado... suas palavras me trazem muito significado ao amor, companheirismo e cumplicidade...
Parabéns e que neste novo ano possamos mais voz a esse lindo sentimento!
Grande beijo, minha amiga!
Jackie

Sissym disse...

Kassya, o seu comentario foi tao bom, o tempo e a vivencia vai tornando algumas pessoas melhores, são aquelas que querem crescer.


Bjs

António Ferreira disse...

Quase sempre me repito quando comento teus post..... sempre belos, sempre apaixonados, sempre do mais profundo ser que há em ti. Vou repetir me mais uma vez.....
Belo, sensual, inspirador profundo para almas apaixonadas..... todos estes seres que assim são, sofrem sempre muito em silencio. A mim fez me bem ler, sentir teu pensamento....

obrigado pela tua sensibilidade