segunda-feira, 11 de abril de 2011

Meu Porto Seguro ...


Em meu pensamentos
vou buscar um sorriso,
um beijo, um olhar...
meu coração
encontra em ti meu porto seguro
onde as ondas bravias
não podem me quebrar...
O vento toca a pele,
sopra os cabelos...

O sol nasce dentro de mim
e ilumina minha alma...
e em teus braços posso voar!
o brilho dos meus olhos
é mais reluzente
quando encontra o teu

E... na seiva de teus beijos
reponho minha fé no amor
É em teus braços
junto ao calor do teu corpo,
que me aninho
e me retiro em solidão
para reavaliar
minhas dúvidas e decisões...


Kássya Mendonça (03/2011)

6 comentários:

luciana disse...

Oi minha amiga, boa tarde!

Linda poesia...sensível e ao mesmo tempo profunda...

bjs
Lu

Mary Miranda disse...

Oi, Kássya!

Lindo poema, forte, doce, sensual...
Essas doses de amor são sempre aceitas, nesse mundo tão de pedra!...
Continue trazendo a sensibilidade dos sentiemntos nobres!!!!


Beijos!

Mary:)

Samanta disse...

Olá minha querida e gatíssima amiga !!!

Maravilhosa a poesia !!
Muito envolvente, pois conforme fui lendo, pude não só sentir a verdade do seu amor, como também me identifiquei bastante !!
Principalmente quando descreve - meu coração encontra em ti meu porto seguro, onde as ondas bravias não podem me quebrar...
E me sinto exatamente assim, não só nesta parte, mas também como no belo final - é em teus braços que me aninho e me retiro em solidão para reavaliar minha dúvidas e decisões...
Quando estou protegida pelo meu porto seguro, posso voar e é ali que sinto-me segura e livre para refletir sobre tudo, até sobre minhas fraquezas.
Ai empolguei !! Lindoooo
Muitos beijos amiga !! parabéns pelo texto !!

Jackie Freitas disse...

Olá minha querida!
Sempre romântica e demonstrando o seu amor... Como é bom termos um porto seguro, não é amiga? Lugar para ancorarmos nossos sentimentos, refugiarmos nossos medos e inseguranças... Lugar para repousar e ser feliz, em amor...
Maravilhoso como sempre, querida!
Grande beijo,
Jackie

Neusa Fiesta disse...

Alem de lindo, o seu poema envolve o leitor em uma gostosa e delicada sensação de bem-estar, de segurança emocional, como aquele que vive seus dias em um porto seguro pelo amor; amor recíproco, amor que cuida, que confia. Eu, simplesmente, adorei! Parabéns, minha irmã gêmea. Você tem o dom de transformar as palavras em versos e verter seus versos em Poesia.
BEIJOSSSSSSSSSS

António Ferreira disse...

Tu és um grito, tu és a teimosia de amor, és a peregrina da mensagem, és o pregador que fala no deserto de suas ansias, desejos, e amores....
Tu teimas, tu falas, quase gritas, mas te digo é bom "ouvir-te" aqui a escrever estas coisas, porque se fecharmos os olhos quase sentimos o toque, o doce bater de tua respiração...
bjs
antonio ferreira
voarnopensamento.blogspot.com