quinta-feira, 3 de abril de 2014

um toque de saudade

...tenho saudades
de te abraçar,
de te beijar,
de sentir teu cheiro...
...tenho saudades
de rir com você,
de ouvir tua voz,
de olhar em teus olhos...
...tenho saudades
és meu amor,
meu amigo,
meu anjo...
sou sentimental,
emotiva, ntensa
e quando penso em amor
é por você que fecho os olhos
e... sorrio!

Kássya Mendonça (03/04/2014)

imagem google

sexta-feira, 7 de março de 2014

Saudade solidão

No delírio da saudade
Veio-me a distância 
explodiu-me o peito 
cortou-me a alma 
sufocou-me a emoção 
foge-me a calma...
saudade és minha solidão

teu riso, teu calor... 
meu paraíso ...
minha fantasia meu desejo.....
dor que não cala... 
não sara... 

tempo que não anda,
se arrasta e não passa 
então enquanto navego nos mares da solidão 
ancoro os sentimentos nesta imensidão 

ahhh... saudade... 
porque não tens solução? 
Em ti vou vivendo e esperando 
Que tuas águas revoltas 
Acalmem meu coração... 

 Kássya Mendonça - 07/03/2014 
(agradecimento especial ao meu amigo Bruno, que  dividiu sua inspiração)

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Turbulências

E a vida me impôem desafios
e me faz perdida em incertezas
que consomem minha alma e mente

Visões distorcidas da realidade...
medos e  decisões que não quero tomar
causam pesadelos e insônias
angústias e lágrimas...

turbulências que me corroem o coração
tenho tudo e nada
desolada sigo adiante
em passos exitantes...

inutilmente espero
que a vida me de um brinde...
um abraço.. um sorriso sincero
algo que me faça olhar adiante

uma certeza me assombra
quanto mais você se doa...
mais se torna insignificante!

Kássya Mendonça (24/02/2014)

imagem Google

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Simplicidade de vida


Este final de mês completa 30 anos que minha  avó se foi...
Ela se chamava Amélia...
descendente de português  com negra, era uma mulher de porte pequeno, pele clara, olhos e cabelos de um tom acinzentados que rara vezes vi igual!
Minha madrinha!
Contava histórias da sua infância, da roça, do serviço, dos filhos...
do que viu e do que viveu...
... era a parteira e a benzedeira da vizinhança! (rsrs)...
 Me ensinou a cozinhar o básico arroz, feijão, carne, batatas, ovos! A lavar e passar roupas, para lavar primeiro se colocava uns 5 cm de agua no tanque, despejava um pouco de água sanitária e sabão, esfregava as paredes e batente do tanque para não manchar as roupas brancas, depois de limpo enxaguava-se bem, somente depois disso seria cheio de agua, sabão e começaria a lavar as roupas, sendo separadas por cor, primeiro as brancas, depois as coloridas, enxaguar duas vezes, torcer bem e estender ... rsrs... também separada por cores!!!!
Para passar começava pelas roupas brancas depois as coloridas, camisas tinham q ser engomadas e em hipótese alguma podiam ter dois vincos nas mangas ou marcas no colarinho, calças sociais a mesma coisa e todas deveriam ir para cabides!!! E tinha que se tomar cuidado com a temperatura do ferro de passar, porque era aquele que não tinha regulagem de temperatura!
 
Hoje acordei pensando nela, no quanto ela me ensinou e no quanto poderia eu ter aprendido e não aproveitei a oportunidade (porque será que quando jovens somos tão desligados deste porém?)...

Lembrei de uma música que ela adorava e vivia cantando... (sempre cantando...)
e... as chamadas "coincidências" se manifestaram, ao subir até a casa da minha mãe, o rádio estava a tocar a música... rsrs... servi-me de café e fiquei ali uns minutos escutando e ouvindo em minha mente a voz da minha vó cantando... e seus pés marcando o compasso do repicado da viola

resolvi escrever...

 Num bar de Ribeirão Preto
Eu vi com meus olhos esta passagem
Quando champanha corria a rodo,
No alto meio da grã-finagem


Nisto chegou um peão
Trazendo na testa o pó da viagem
Pro garçom ele pediu uma pinga,
Que era pra rebater a friagem


Levantou um almofadinha e falou pro dono:
"Eu tenho má fé
Quando um caboclo que não se enxerga,
Num lugar deste vem pôr os pés.


Senhor que é o proprietário
Deve barrar a entrada de qualquer.
Principalmente, nesta ocasião,
Que está presente o rei do café"


Foi uma salva de palmas
Gritaram viva pro fazendeiro
"Quem tem milhões de pés de cafés
Por este rico chão brasileiro?


Sua safra é uma potência
Em nosso mercado e no estrangeiro
Portanto vejam que este ambiente
Não é pra qualquer tipo rampeiro"


Com um modo bem cortês
Responde o peão pra rapaziada:
"Essa riqueza não me assusta,
Topo em aposta qualquer parada


Cada pé desse café
Eu amarro um boi da minha invernada
E pra encerrar o assunto eu garanto
Que ainda me sobra uma boiada"


Foi um silêncio profundo,
O peão deixou o povo mais pasmado
Pagando a pinga com mil cruzeiro,
Disse ao garçom pra guardar o trocado


"Quem quiser meu endereço
Que não se faça de arrogado
É só chegar lá em Andradina,
E perguntar pelo rei do gado"



imagem Google
música:  O Rei do Gado -  Tião Carreiro e Pardinho
video YouTube - MegaCapiau -  http://youtu.be/2NpDVw6YOIA

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Cuide-se!

Cuide-se! 
Perigos há por toda a parte 
Pode ser perto ou longe! 
Atenção tome cuidado 
Fique atento, se proteja 
Lembre-se: 
você é importante 
Cuide do importante 
Cuide do essencial... 
Não se inquiete, 
não queira resolver tudo!
Cuide do que for possível 

Cuide-se! 
Perigos há por toda a parte 
Cuide-se... 
por hoje apenas amanhã é outro dia... 
Cuide-se! 
Perigos há por toda a parte 
Enfim... meu anjo 
Cuide-se ... 
Porque só assim 
minha alma poderá 
cuidar de você... 
Cuide-se, meu bem! 

 Kássya Mendonça (03/02/14)

sábado, 18 de janeiro de 2014

Eu "Dom Quixote"...


"Sonhar o sonho impossível,
Sofrer a angústia implacável,
Pisar onde os bravos não ousam,
Reparar o mal irreparável,
Amar um amor casto à distância,
Enfrentar o inimigo invencível,
Tentar quando as forças se esvaem,
Alcançar a estrela inatingível:
Essa é a minha busca."
Dom Quixote

Dom Quixote lutava batalhas imaginárias, com seus moinhos de vento, que ele acreditava serem gigantes enfeitiçados, pois ele os vencia num dia e eles voltavam no outro...
E...como Dom Quixote todos os dias eu luto com meus gigantes imaginários (ou não), como ele durmo pensando que os venci, mas, na manhã seguinte eles estão a minha frente, prontos para um novo dia de luta, me desafiando a vence-los outra vez...
Dom Quixote lutava para defender o amor que sentia por Dulcinéia e tinha ao seu lado o amigo e fiél escudeiro Sancho, que sabia ser as lutas do amigo frutos de sua imaginação... Assim foi sua vida, criando e lutando batalhas que ninguém via ou entendia... e  morreu perdido em seu mundo imaginário!
Como ele, luto por amor, tento com minha imaginação mostrar que é um sentimento verdadeiro, grande e infinito, trago nos lábios meu melhor beijo, o mais lindo sorriso, nos braços a ternura de um abraço, nos olhos minha paixão e minhas verdades!
Como todo apaixonado tenho meus delírios e devaneios, onde tudo é perfeito,  nada dá errado, um paraíso que me entrega o brilho dos teus olhos, o calor do teu abraço, o doce dos teus beijos e o som do teu sorriso, delírios que me aquecem a alma e me faz feliz... 
Mas...
não tenho ao meu lado um fiél escudeiro ou um amigo, que tente me trazer para a realidade ou que me resgate das armadilhas da imaginação...
vou lutando minhas batalhas todos os dias, lutando com meus gigantes imaginários, defendendo meus sonhos e meu amor... mesmo que me achem louca, doida, sem razão...
como Dom Quixote vou morrer pela imaginação!!! 

Kássya Mendonça (18/01/2014)


Dom Quixote
autor: Miguel de Cervantes
http://livros.universia.com.br/2012/06/05/baixe-gratis-o-livro-dom-quixote-volume-i/ 

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Bênçãos de Natal e Ano Novo

"...então é Natal...
e o que você fez?...
O ano termina
e começa outra vez..."

Não  importa o que você fez, com certeza foi o melhor que poderia ter feito naquele momento!

Então... é Natal...
e o ano termina...

Que Deus na sua imensa sabedoria e benevolência,
nos dê as bênçãos que fizemos por merecer!
Que cada um de nós, receba o que nos é merecido,
por nossas atitudes... por nossa Fé... por nosso Amor...

"...Abençoa, Senhor, as famílias! Amém!
Abençoa, Senhor, a minha também..."


"FELIZ NATAL E UM ÓTIMO ANO NOVO"

Kássya Mendonça 24/12/2013

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

...teu olhar!

* Quando a luz dos olhos meus
     E a luz dos olhos teus
     Resolvem se encontrar
     Ai, que bom que isso é... meu Deus!
     Que frio que me dá
    O encontro desse olhar..."


Olhares não mentem, não existe maneira de inventar um olhar, nem de disfarçar um sentimento, talvez por isso digam que:
"os olhos são o espelho da alma"...
Teus olhos mudam de cor dependendo de teus sentimentos; guardei em minha memória um  desses momentos:
...teus olhos estavam com uma tonalidade de verde; um verde claro quase translúcido, sua pupila estava dilatada ao máximo, fazendo assim com que eles parecessem com os de um felino...
... já aprendi a ler este olhar!
existia uma magia toda especial nele!
me senti maravilhosamente feliz, pois teus olhos só ficam assim quando estas em profunda entrega.
Já vi este olhar outras vezes, mas desta vez foi mais que especial; a imagem dos teus olhos ficou gravado em minha mente, ainda hoje quando lembro me percorre um arrepio pela espinha, meu ventre se contrai em êxtase profundo; me fazendo desejar você com uma intensidade que me assusta...
Teus olhos são de uma cor especial, um caramelo com um tom de verde, que te dá uma caracteristica toda tua...
Ahhh!!! adoro olhar no fundo deles!
descubro ali alguns de teus segredos mais profundos, as vezes leio teu pensamento; outras tantas me perco neles, o modo como me olhas me conta o que passa pelo teu ser.
Mas este teu olhar, me fascina, me encanta, me apaixona; se é que é possível me apaixonar mais por ti...

(Kássya  - Setembro/2010  - postagem original)

* (trecho da música Pela luz dos olhos Teus, letra de Vinícius de Moraes, interpretada por Tom Jobim e Miucha)

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Não sei deixar de amar...


Não sei deixar de amar!
Dizem que amar é uma escolha...
Não escolhi amar,
simplesmente amei desde o primeiro momento que te vi...
Desde então,  te amar tem sido parte da minha vida.
Não sei deixar de amar!
E se isto acontecer é porque nunca foi amor...
Os modos como se vive o amor se transformam,
mas o sentimento não muda!
Não posso dizer:
- a partir de hoje não te amo mais!
porque amor é essência da alma...
e quando a alma ama é eterno...
nada pode separar essa essência  da eternidade!
Amar não é escolha... é dom...
e não se explica nem se tenta entender,
porque se ama simplesmente!
Se amar fosse escolha
só amaríamos quem nos ama, quem nos quer...
não haveriam tantas dores de "amor"...
Ahhh... se amar fosse escolha...
eu diria:
-  não quero te amar! não te amo mais!
Mas...
não sei deixar de amar!...

Kássya Mendonça (Dezembro-2013)

video youtube: http://youtu.be/LqlRSVr4rls
imagem Google

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Quem te ama...

Quem te ama...
cuida do que está dentro do teu coração
sem lhe roubar a liberdade...
Cuida para que teus sonhos não envelheçam,
e que teu sorriso seja sempre aberto.
Cuida até das tuas lágrimas
se elas brotarem para lavar tua alma...
Acima de tudo,
quem te ama cuida,
para que você nunca se perca de si mesmo!
Quem te ama
quer teu bem sem exigir nada em troca!

(desconheço o autor)

sábado, 7 de dezembro de 2013

... Sou essência ...


Sou essência
Gosto do que é etéreo aos olhos
Mas essencial aos sentidos
que faz bem a alma e ao coração
... sou assim...
Emoção e sentidos,
devaneios num mundo perdido...
E esquecido pelos seres normais
Acredito em anjos, fadas e bruxas...
gosto do cheiro de mato molhado,
alecrim, manjericão...
do cheiro da terra quando vai chover...
gosto de chuva no rosto,
orvalho nos cabelos
gosto de mar revolto...
de ondas que quebram nos meus pés
gosto do sabor da maresia nos lábios...
de caminhar ao vento...
do arder do sol!
Gosto de pele bronzeada
De cheiros que me remetem a infância
De lugares que trazem recordações,
De relembrar momentos que guardo no coração
... Sou essência ...
Gosto de água de coco
Em dia quente de verão,
De presente surpresa
Não me importa o preço
O que me vale é a emoção...
Gosto de encontros inesperados
Sem hora ou tempo marcado
O possuir não me encanta
Mas ser feliz me fascina...
Por que?
... Sou essência...
Gosto do que é etéreo aos olhos!


Kássya Mendonça 05/12/2013 

imagem Google

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Onde foi que eu errei?

Fiquei te esperando sem poder dormir
Só pensando em quando e por quê
Ficou tudo assim,...


Pergunto e você não quer me responder
Pra evitar meu abraço você
Vira as costas pra mim...


Se a rotina da vida fez o sonho acabar
Eu me sinto perdido sem entender nada
Vem me ajudar...


O silêncio é uma faca cortando o coração
De quem vê o seu amor dissolvendo na mão
Me salve... eu não posso aceitar te perder,  sem saber a razão...


Onde foi que eu errei?
O que foi que fiz?
Eu preciso saber!


Não deixei de te amar...
Não trai...  não fingi...
Não menti pra você


Se amar é perder...
eu não quero te amar e ficar sem você...



Video YouTube
http://www.youtube.com/watch?v=aKFIt3-mI9U
http://www.youtube.com/user/rcmariz?feature=watch


foto Google
música -Leandro&Leonardo

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

"...simplesmente te amo..."



''Te amo com um corpo que não pensa.
Com um coração que não raciocina...
Com uma cabeça que não coordena.
Te amo incompreensivelmente...
Sem perguntar-me porque te amo,
Sem importar-me porque te amo,
Sem questionar-me porque te amo,
Te amo!
Simplesmente porque te amo...''



Pablo Neruda



imagem Google

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

O Presente

Este blog  está completando 5 anos!
Durante este tempo, depositei aqui alguns de meus sentimentos mais profundos, dividi com vocês meus leitores e seguidores amor, saudade, opinião e até indignação!

Hoje enquanto pensava em que escrever para agradecer o carinho de todos durante este tempo me veio parar nas mãos este texto; foi minha mãe quem o trouxe, estava guardado entre as coisas de minha irmã Josiane, e ao lê-lo soube que era o que deveria postar de presente e agradecimento a todos vocês! 

 O Presente

 Imagine um banco que creditasse R$86.400 em sua conta toda manhã, mas não carregasse o saldo de um dia para o outro. Toda noite o banco ficaria com o saldo que você não usou durante o dia. 

    O que você faria? 
    Sacaria tudo, até o último centavo, é lógico! 
    Cada um de nós tem esse banco... Seu nome é tempo!!! 
    Cada manhã ele credita a você 86.400 segundos. Cada noite ele lança como perdas todos os segundos que você não investiu em um bom propósito. Ele não carrega o saldo. Ele não tem cheque especial. 
    A cada dia ele abre uma nova conta para você e a cada noite ele "queima" o que sobrou do dia. A perda é só sua. Não há retorno. Não há como sacar sobre o "amanhã". 
   Você deve viver no presente, usando o depósito de cada dia. Investi-lo para conseguir o máximo de retorno em saúde, felicidade e sucesso! O relógio está correndo. 

   Aproveite ao máximo cada dia... Todo dia! 

   Para saber o valor de um ano pergunte ao estudante que foi reprovado. 
   Para saber o valor de um mês pergunte à mãe que deu a luz a um bebê prematuro. 
   Para saber o valor de uma semana pergunte ao editor de uma revista semanal. 
   Para saber o valor de uma hora pergunte aos namorados que estão esperando para se encontrar. 
   Para saber o valor de um minuto pergunte a alguém que acabou de perder o trem. 
   Para saber o valor de um segundo pergunte a alguém que escapou de um acidente por um triz. 
   Para saber o valor de um milésimo pergunte a quem ganhou a medalha de prata nas Olimpíadas. 

  Dê valor a cada momento que você tem! 
  E dê ainda mais valor quando você o compartilha com alguém especial, especial o bastante para merecer o seu tempo. 

 E lembre-se que o tempo não espera ninguém.
     Ontem é história... 
           Amanhã é mistério... 
                 Hoje é uma dádiva... 

Por isso que se chama presente!!!

Obrigada a todos pelo carinho e atenção dedicada a este espaço, por estes cinco anos, sei que estou em débito, pois não estou tendo tempo de retribuir!

Como presente especial a todos que por aqui passarem levem este pequeno selo como meu agradecimento.

 

Kássya Mendonça 19/09/2013.


imagens Google
texto de autor desconhecido 

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Se eu não puder te esquecer...



Dia dos pais...
estava lembrando de meu pai,  as coisas que ele me ensinou e que acho importante:
- caratér e palavra valem mais que qualquer documento
- a vida nos traz de volta o bem que fazemos
- aprenda sempre, conhecimento é riqueza
- leia sempre, leitura te deixa atento
- a verdade é a melhor defesa
- agradecer a Deus todos os dias
- pai e mãe tem sempre razão, lá na frente você perceberá que eles estavam certos
- não falar de boca cheia
- respeitar os mais velhos
- não responder sem pensar (defeito ainda não sanado)
- escutar a música e não somente ouvi-la!
  ... parece bobagem, mas existe uma diferença;
      ouvir é perceber, sentir, prestar atenção!
      escutar é deixar-se guiar por
- a dançar...
- a amar como se não houvesse amanhã...

Papai,
obrigada por tudo o que me ensinou!
Graças a você sou a pessoa de hoje!
Esta é especialmente para você, uma de suas preferidas, que acabou sendo umas das minhas também, com ela aprendi a "escutar" a música e meus sentimentos.

" Se eu não puder te esquecer
Mando dizer numa flor
Mando uma estrela avisar
Que o velho amor acordou.

Se não puder me esquecer
Basta dizer por aí
Quando você sussurrar
Meu coração vai ouvir.

Esquecer,
difícil demais
Ninguém é capaz
Se amou um pouquinho

Esquecer,
você nem pensar
E quando eu tentar
Que eu morra sozinho...."

como eu não posso te esquecer,
aonde você estiver... receba minha flor...




imagens Google.
video YouTube http://youtu.be/2_PfkdnLazs - costajac1