terça-feira, 25 de novembro de 2008

"...depois dos 40!..."

Foi realizado em Madrid a algum tempo atrás (não sei qual foi a data, porque não recebi tal informação), o Primeiro Congresso Internacional da Felicidade; e a conclusão dos congressistas foi que a felicidade só é alcançada depois dos 40.
Quem participou deste encontro?
não sei, podem ter sido psicólogos, sociólogos, artistas; sinceramente não sei, mas gostei do resultado!
O Congresso diz que a maioria das pessoas que são questionadas sobre o assunto diz:
"a felicidade não existe, existe apenas momentos felizes."
Era o que eu pensava quando habitava a caverna dos 17 anos e não voltaria para lá nem que me puxassem e me arrastassem pelos cabelos.
Adolescente é buzinado
dia e noite: tem que estudar para o vestibular, aprender inglês, usar sempre camisinha (e continuar usando), dizer não as drogas, não beber quando dirigir, dar satisfação aos pais, ler livros que não quer e administrar dezenas de paixões fulminantes e rompimentos.
Não tem grana para ter o próprio canto, costuma deprimir-se de segunda a sexta e só se diverte aos sábados, em locais onde sempre tem fila.
É o Apocalipse.
Felicidade, onde está você?
Aqui na casa dos 40 e sua vizinhança...
Está certo que surgem algumas ruguinhas, umas mechas brancas e uma certa barriguinha...rsrsrsrs...mas é um preço justo para o que se ganha em troca.
Pense bem:
depois dos 40, você paga do próprio bolso o que come e o que veste. Vira-se no inglês, no francês, no italiano e no iídiche ...rsrsrsrs...(não tenho a mínima noção do que seja), e aí de quem rir do seu sotaque.
Não tenta mais o suicídio quando um amor não dá certo, apaixonou-se por literatura, trocou sua mochila hippie por uma com um notebook e não precisa de autorização de ninguém.
Talves não tenha se tornado o bam-bam-bam que sonhou um dia, mas reconhece o rosto que vê no espelho, sabe de quem se trata e simpatiza com a cara.
Depois que cumprimos as missões impostas no berço:
ter uma profissão, casar, ter filhos...
passamos a ser livres, a escrever nossa própria história, a valorizar nossas qualidades e ter um certo carinho por nossos defeitos. Somos os titulares de nossas decisões.
A juventude faz bem para a pele, mas nunca salvou ninguém de ser careta.
A maturidade sim, permite-nos uma certa loucura.
depois dos 40, conforme descobriram os participantes daquele congresso curioso, estamos mais aptos a dizer que infelicidade não existe, o que existe são momentos infelizes...
Alguém discorda?????
Segundo os pesquisadores existem coisas que a vida nos ensina depois dos 40:
ela nos ensina que amor não se implora, não se pede, não se espera...
Amor se vive ou não...
que ciumes é um sentimento inútil, que não torna ninguém fiel a você!
que crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz!
que as pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros...
Perdoar e esquecer, nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio!!!
Deus inventou o choro para o homem não explodir
que ausência de regras, é uma regra que depende do bom senso.
que não existe comida ruim e sim comida mal temperada...
que criatividade caminha junto com a necessidade
ser autêntico é a melhor forma de agradar...
Que amigos de verdade nunca te abandonam
que o carinho é a melhor arma contra o ódio!
que as diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
há poesia em toda criação divina...
e que Deus é o maior poeta de todos os tempos...
que a música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente!
Que filhos são presentes raros.
E que tudo o que fica, é o seu nome e as lembranças de suas ações...
que obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que abrem portas para uma vida melhor
Ah! e que o amor...
o amor quebra barreiras, une facções, destrói preconceitos, cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado
nem sempre do modo que espera...
mas... vive a vida mais alegremente...
E que o fato de saber e ter conhecimento de tudo isso, nos faz sermos mais felizes.
Conclui-se que depois de tudo isso, nós seres humanos, somos mais felizes depois dos 40,
não devemos satisfações se fizemos ou deixamos de fazer e porque...
Então se você tem mais de 40...
Bem vindo ao início de tua Felicidade!!!!
(autor desconhecido) recebi por email.

2 comentários:

Gato Guga disse...

Gostei tanto da mensagem que peço permissão para republicá-la e assim fazer mais pessoas conhecerem esse post. Muito bonito de ler e confortante de conhecer.

Carol Mendes disse...

Oiiiiiiieeeeeee!!!!!!
Concordo em GNG.
Quer coisa melhor do que olhar no espelho e dizer TO BEM pra minha idade.
Ver que a felicidade esta ali nao do nosso lado mas dentro de nos.
Olhar o mundo e ver o quanto ele nos faz bem apesar dos percalços que a vida nos apresenta.
Super beijo.