quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

entre o sonho e a realidade... durmo sozinha

durmo sozinha
na esperança
de me encontrar em teus abraços
neste campo de batalha
entre o sonho e a realidade
escuto o som do teu sorriso
e teu sussurro em meu ouvido
e... me aconchego
em tua presença surreal
me encho de esperança
esqueço que estamos
no mundo real...
devolva minha paz
que teu amor me roubou
devolva meu coração
que o teus beijos  levou...
vivo de loucuras
de desejos,
de sonhos...
vivo do amor
não declarado
do amor não explicado
vivo do sonho
em que me vejo
te amando outra vez...

Kassya Mendonça (Dezembro/2010)

14 comentários:

Jackie Freitas disse...

Olá Kassya querida!
Uau, amiga! Que lindo poema! E o título ficou sedutor demais... Adorei tudo! Acho que podemos tudo nos sonhos...e o melhor é quando podemos viver a realidade dos sonhos, despertar, amar, dormir, sonhar outra vez... E tudo se confunde e mistura em uma coisa só...
Grande beijo, minha linda! Parabéns! Lindo, lindo, lindo!
Jackie

Deny disse...

Nossa!!!

Bem ... depois deste breve relato-poesia só nos resta admirar!

Vc faz arte!

E amar outra vez ... e outra e mais outra é talvez o que nos faz viver!

=D

Beth Muniz disse...

Muito bom.
Parabéns pelo talento, e por amar e si amar.
Um beijão.

UniversoPSI disse...

Olá, Kassya!

O seu poema é revelador, mas como não estou aqui para analisar, prefiro apenas dizer que o amor, mesmo quando escrito não perde a sua essência.

Grande abraço.

Paulo.

Paulão disse...

Buenas Kassya,

na minha mente sempre vem a seguinte pergunto qndo leio uma poesia: de onde veio a inspiração d em escreveu, o que a pessoa pensava quando escreveu?

Sempre tento descobrir o que está por tras da poesia...hehehehe

belo poema guria.

Bju

Paulo

Elton Sipião O Anjo das Letras. disse...

Lindos versos querida, uma poesia super-romantica e de uma beleza muito perceptível, parabéns. Abraços literários

vidarealdasam disse...

Olá queridíssima Kassya !!!

Adoro vir aqui contemplar seus textos, são sempre emocionantes e inspiradores !!!
Linda a sua descrição deste momento, suave, etéreo mas cheio de intensidade !
Um super beijo no coração !!!

Mi reabilite disse...

Pra mim está mais que declarado e acho que ninguém se opõe!

Bjoss
Mi

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Lindo poema :) Parabéns!

lucidreira disse...

Foi através do dIhitt que chequei aqui, vi li e gostei, tenho acompanhado muitos blogs poéticos pois adoro ler-los.
Não sou de analisar técnicas pois não sou poeta, só gosto mesmo de ler, e sua poesia é de bom grado pois fala de amor e amor é a essência da vida.
Abraço

Neusa Fiesta disse...

Kassya, verdadeiro espetáculo este seu poema! É o espetáculo das palavra transformando-se em versos e, estes em poesia. Sua poesia impulsiona a fluência das emoções.
Muita linda; parabéns!
BEIJOSSSSSSSSSS

Sissym disse...

Amiga!

Isso é muito bonito.
Eu fiquei lembrando de pessoas que vivem sonhos e amores platonicos!
Eu tenho dormido quaaaase sozinha, mas os meus sonhos são completamente impenetráveis! kkkkkkkk

Beijocas

anacosta disse...

alguem disse um dia "o homem sonha e Deus realiza". Que seria de nós se não tivesse-mos sonhos? penso que a vida se tornaria vazia e sem um significado.
Gostei da sua escrita.Prometo que quando poder passo para te vizitar

Della disse...

Amiga, sei exatamente o que diz o poema. É o que vivo também!! Ainda bem que nossos sonhos são livres! bjo enormeeeeee, espero que viva plenamente seu Grande Amor no mundo real e o mais rápido possível. Às vezes o que parece fantasia para muitos tolos é muito mais sólido do que supomos. Eu acredito plenamente nisso. Beijossssss