sábado, 16 de abril de 2016

Florescendo a alma


Sinto o campo dentro do meu peito florescer novamente 
com sua presença que me enche de alegria... 
faz nascer e despertar em mim 
a luz como o sol de um novo dia... 
o entardecer com sua ausência 
faz minha alegria entristecer 
e o campo uma vez ensolarado 
passa a escurecer...
o cair da noite vem com sua falta ao se despedir, 
escurecendo por completo aquele campo 
que só com sua presença voltará a florir...

(Bruno Almeida 16/04/2016)

Nenhum comentário: